TOMAZ-MAVRIC.jpg

Mensagem Pe. Tomaž Mavrič, CM

31 de março de 2020by Flávia Facci

No último dia 28/03, o Pe. Tomaž Mavrič, 25º sucessor de São Vicente de Paulo, Superior Geral da Congregação da Missão e Presidente Executivo da Família Vicentina, enviou uma mensagem de esperança à toda Comunidade Vicentina:

“Queridas irmãs e irmãos!

Dirijo-me a cada um dos membros da Família Vicentina no sentido amplo da palavra, nesta jornada quaresmal, que nos surpreendeu com a dor de milhares e milhares de pessoas em todo o mundo, que sofrem por causa da COVID. 19, classificado pela Organização Mundial da Saúde como uma pandemia.
Existem muitos sinais de dor que não nos permitem permanecer indiferentes. Fazer isso seria, nas palavras de São Vicente,” pintar –nos de cristãos”.
Também dentro da Família Vicentina há pessoas que estão infectadas ou morreram com esse vírus.
Desejo hoje, com todos vocês que nos seguem, elevar minha oração a Jesus Sacramentado pela intercessão da Virgem da Medalha Milagrosa, de todos os santos, benditos, servos e servos de Deus da Família Vicentina, para aqueles que lutam antes esta doença e para aqueles que, vítimas dela, já partiram para a Casa do Pai. Da mesma forma, quero que oremos por todas as pessoas que atualmente trabalham no campo da saúde e dos hospitais, que precisam de nosso total apoio e reconhecimento hoje.
De uma maneira ou de outra, todos estamos sendo afetados por essa pandemia. E como dissemos aos membros do Comitê Executivo da Família Vicentina, em nosso comunicado de 21 de março passado – “É NOSSA RESPONSABILIDADE, COMO CIDADÃOS, COMO CRISTÃOS E COMO VICENTINOS, CUMPRIR TODAS AS MEDIDAS QUE OS GOVERNOS, AS CONFERÊNCIAS EPISCOPAIS E OS SERVIÇOS DE SAÚDE, ELES ESTÃO APONTANDO.”
Por outro lado, precisamos revitalizar a caridade, que é inventiva até o infinito, para não esquecermos os mais pobres, a quem servimos.
São Vicente de Paulo, o místico da caridade, também tinha – na época – que enfrentar epidemias e pragas.
Não podemos esquecer o exemplo dele, por isso devemos ser encorajados a encontrar as melhores maneiras que nos permitam ficar ao lado daqueles que sofrem esse flagelo, mas também dos mais vulneráveis e dos pobres a quem já servimos – sempre respeitando as medidas regulamentos governamentais e de saúde . Encorajo cada sacerdote a incluir essa intenção na Eucaristia. . Convido todos os membros dos diferentes ramos e todos os membros da Família Vicentina no sentido amplo da palavra, para que, nesta Quaresma em particular que estamos vivendo, possam oferecer suas orações em suas famílias e comunidades, para que possamos combater essa pandemia, que nos surpreendeu a todos e nos exorta a viver mais intensamente esta época litúrgica, aguardando a Páscoa que, como sempre e apesar de tudo, celebraremos com profunda alegria.
Façamos da Família Vicentina sempre uma lâmpada acesa com o fogo da esperança e do amor, em meio a esta crise. Confiemos no Senhor e nos abandonemos em seus braços da providência.
Vamos orar um pelo outro!”

P. Tomaž Mavrič, CM

“ Oh, Deus, protetor dos indefesos, olhe com compaixão para o seu povo sofrendo com o perigo de uma pandemia global.
Tende misericórdia de nós , mostre vossa infinita misericórdia e guie as mãos daqueles que se esforçam para que esta situação seja superada em breve.
Imprimi em nós a generosidade, para que saibamos ajudar os mais fracos, os idosos, os sem-teto, os empobrecidos, e todos aqueles que, em maior medida, sofrem as consequências desta crise: que sabemos como ajudá-los nesses tempos difíceis.
Protegei médicos e enfermeiros, a todo o pessoal de saúde quem está na linha de frente para acabar com essa pandemia.
Iluminai suas mentes para que logo a cura seja encontrada. Isso vos pedimos, pela intercessão de Jesus Cristo, vosso filho, nosso Senhor, o protetor dos necessitados.
Amém
Oh Maria sem pecado concebido, rogai por nós que recorremos a vós!”